Manter a barba alinhada e bem aparada envolve muito mais do que questões estéticas: faz o barbudo se sentir mais confiante, seguro e cheio de estilo. No entanto, há alguns inconvenientes na missão de preservar esse visual. Um exemplo é a barba no pescoço, algo completamente natural, mas que às vezes incomoda bastante.

É comum ter dúvidas sobre como remover os pelos dessa área, especialmente porque eles são mais grossos do que a barba que cresce no rosto. Experiências ruins também já fizeram muitos barbudos sofrerem com irritações e coceira constante na região do pescoço. Se for o seu caso, não se desespere: tem o jeito certo de lidar com esse problema!

Neste conteúdo, com ajuda das dicas do Lincohn Mendes, da Barbearia John Six, vamos esclarecer as cinco principais dúvidas sobre barba no pescoço. Confira!

1. Por que existem pelos que crescem até o pescoço?

Barbudos estão sempre curiosos sobre como funciona o crescimento de pelos no rosto e nas áreas próximas, mas nem tudo tem uma explicação exata e biológica. A barba no pescoço, quando em grande volume, é realmente um tanto incomum, o que gera ainda mais questionamentos, mas principalmente por causa do incômodo.

É importante a gente pontuar que os pelos costumam crescer na região frontal, na continuidade do queixo para a garganta, e acompanham também a área do maxilar, onde nascem fios um pouco abaixo. Geralmente, o volume não é tão significativo, mas alguns caras são a exceção dessa normalidade.

Há duas possibilidades mais prováveis. A primeira é uma simples questão genética. Alguns homens têm mais pelos do que os outros, com crescimento em maior volume e com fios mais grossos — nesses casos, é natural terem muito pelo no pescoço. A segunda, menos comum, é que o homem pode sofrer de algum tipo de distúrbio hormonal.

2. É indicado remover os pelos do pescoço?

Não há nenhuma restrição dermatológica nesse sentido, mas tão importante quanto escolher tirar ou não é saber qual procedimento requer mais cuidados. Por mais que a região seja menos sensível do que a pele do rosto, as chances de irritação são muito maiores, especialmente porque pouco se passa lâmina nessa região. É comum também que a barba no pescoço tenha fios mais grossos, o que reforça a necessidade de cuidado.

Nosso amigo Lincohn Mendes também fala dessa questão de tirar todo o pelo do pescoço. Ele explica que a ideia da barba é alongar o rosto masculino, de modo que fique mais quadrado e imponente. Por isso, ele sugere alinhá-la ao redor do maxilar, mas na parte da frente deixar um comprimento de dois dedos acima da região conhecida como “gogó”. Assim, não se perde o formato pretendido para o rosto com a barba.

barba no pescoço

3. Como cuidar da região do pescoço em que a barba cresce?

O barbudo que quer deixar a barba alinhada e sem pelos no pescoço precisa ficar ligado em algumas dicas básicas para não passar sufoco com coceira e irritação. Em mais uma dica profissional, Lincohn reforça que o primeiro ponto que deve ser considerado é a esfoliação, que nessa área precisa ser feita uma vez a cada 15 dias.

Esse procedimento ajuda a manter a pele renovada, pelo fato de remover as células mortas que se acumulam de forma natural. O problema é que elas podem causar coceira naquela região quando os fios nascem e, ainda pior, gerar vermelhidões e muita irritação depois do uso de lâminas ou da navalha.

4. Como fazer a barba no pescoço evitando irritação e coceira?

A esfoliação é um cuidado para manter a pele saudável e prepará-la para a remoção dos fios. Esse procedimento deve ser realizado com muito cuidado, especialmente se você optar por tirar os pelos em casa. É fundamental abrir os poros para a barba sair mais fácil do pescoço. Então, prefira se barbear no banho, com o vapor da água quente.

Na barbearia, o melhor método é o uso da toalha aquecida, já que temperatura elevada e umidade formam uma ótima combinação para amolecer os fios. Esse detalhe, aliado aos poros abertos, torna o barbear do pescoço bem mais leve e o resultado é confortável, sem aquela coceira irritante ou ardência no local.

Outro fator crucial é a direção da lâmina ao fazer a barba no pescoço. Existem barbudos que preferem passá-la na direção contrária do crescimento dos fios, com a esperança de removê-los mais profundamente. Acontece que essa prática é mais agressiva e pode gerar irritação, mesmo com o método de abertura dos poros. Portanto, passe a lâmina a favor dos pelos, para não agredir muito a pele nem correr riscos.

5. O que fazer quando a barba é rala e falhada?

Os barbudos também têm dúvidas em relação a como lidar com barba rala e/ou falhada. As razões para esses dois casos estão ligadas à saúde da pele, aos hormônios e à genética de cada pessoa. Se a sua barba é desse tipo, saiba primeiramente que o ideal é deixá-la bastante natural, com um design mais simples. Linhas marcadas demais não ajudam muito, uma vez que as áreas sem tantos pelos tendem a aparecer mais.

Uma rotina de cuidados faz muita diferença para os homens que apresentam barbas falhadas ou pouco volumosas, já que a ideia é preparar a pele. Com mais nutrientes e poros abertos, a tendência é que novos fios surjam constantemente. Para isso, combinar a esfoliação com o uso de um balm para a barba é uma tacada de mestre.

O processo, ainda que mais demorado, fortalece os fios existentes e favorece o crescimento de novos pelos, aumentando o volume de maneira natural e sem contraindicações. Lembre-se também de que a barba é uma extensão do seu corpo e só cresce se você cuidar bem dela. Uma alimentação rica em vitaminas e um estilo de vida saudável são determinantes.

A barba no pescoço é algo comum e não precisa ser um problema para ninguém. Se você, barbudo, sempre teve dificuldades para lidar com isso, pode confiar que as coisas vão ficar mais fáceis depois deste post. Siga nossas dicas para nunca mais passar sufoco!

A internet reúne várias mentiras que só confundem a cabeça dos barbudos. Você já se deparou com alguma informação que o deixou desconfiado? Então aproveite e veja quais são os 8 principais mitos sobre barba!

Veja os produtos que você pode usar para cuidar da barba:

One thought on “O que fazer com a barba no pescoço? Respondemos as 5 principais dúvidas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *