A internet é cheia de mitos sobre barba e a cada dia surge uma história nova de que isso ou aquilo pode melhorar o seu visual, fazer milagres ou até arruinar com os seus fios. Em tempos de fake news e falsas promessas, cabe a você ficar sempre de olho para não cair nessas armadilhas online.

Quer uma prova de que esse cenário é mais comum do que se imagina no mundo dos barbudos? Pois a gente selecionou alguns dos principais mitos sobre barba para você saber, de fato, o que é mentira e o que é verdade na hora de preparar os seus pelos faciais. Vamos lá!

1. Raspar a barba de cima para baixo evita irritações

Entre os mitos sobre barba, sempre tem algum barbudo defendendo esse. A verdade é que a prática pode funcionar para uns, mas não para outros. Basta você se olhar no espelho para notar que dificilmente os pelos crescem num sentido único. Aliás, pode até ter casos de redemoinhos ou mesmo de um lado nascer de um jeito e o outro em uma direção contrária.

Sendo assim, o melhor é respeitar o sentido da barba e evitar a direção contrária do fio, pois é aí que o atrito da lâmina tende a ser maior. O fato de ela cortar o fio muito próximo ao bulbo aumenta as chances de problemas como pelos encravados e foliculite, além de poder atrapalhar o crescimento no sentido correto.

2. Quanto mais balm usar, melhor será a aparência da sua barba

O balm é um item indispensável no necessaire de um barbudo, mas não é a quantidade do produto que deixa a sua barba mais ou menos modelada. É só aplicar um volume necessário e adequado para cobrir toda a região dos pelos.

Em geral, a indicação é retirar uma pequena quantia do pote com a ponta dos dedos e esfregar na palma da mão. Só isso já é capaz de dar outro visual, segurar quase que o dia inteiro os fios mais revoltados e garantir aquele brilho impecável. Ir além disso é puro desperdício!

3. Esfoliar a pele pode prejudicar a barba

homem esfoliando rosto e barba

Tudo em excesso pode prejudicar a preparação e até mesmo afetar o crescimento da barba, mas asseguramos que esfoliar o rosto é uma prática fundamental para a estética, a higiene e os cuidados dos barbudos. Claro, desde que o processo seja feito de maneira adequada e com produtos próprios para isso.

Portanto, use uma boa pasta esfoliante, elaborada com ingredientes específicos (semente de damasco é o ideal!) e realize a limpeza de forma sutil, com movimentos circulares, sem força ou exageros. O que pode trazer algum malefício para a pele e para os fios é usar qualquer outro tipo de produto ou aplicar do jeito errado.

4. Lavar a barba toda hora vai deixá-la mais bonita

É normal que você se empolgue quando perceber os efeitos e resultados que o shampoo de barba garante, mas vá com calma! Saiba o seguinte: o produto não vai proporcionar uma melhora a cada nova aplicação. Trata-se de um processo de manutenção diária, que manterá uma aparência legal e contínua.

Além disso, não se deve exagerar na limpeza do rosto e da barba porque pode interferir no nível de oleosidade da pele. Ou seja: você pode reduzir esses óleos naturais ao esfregar muito a pele, ou aumentar consideravelmente ao deixar os fios mais úmidos. A recomendação para ter resultados bacanas é de um a dois banhos bem dados ao dia, com shampoo e esfoliante.

5. Existe tônico milagroso para a barba

Entre os principais mitos sobre barba, esse é um dos que mais pegam os caras. Não existe fórmula mágica para crescer cabelo! Por mais que a ciência tenha avançado bastante ao longo dos anos, ela ainda não conseguiu descobrir algo realmente eficiente para que os fios cresçam onde não há nada.

Dá para desenvolver sua barba por meio de bons hábitos e práticas, produtos de qualidade e, claro, cuidados especiais. Não caia nessa história de tônicos e preste muita atenção a certas propagandas, pois você pode estar comprando medicamentos, e não cosméticos. É a sua saúde que está em jogo!

6. Alimentação e hábitos saudáveis não têm a ver com a barba

Pelo contrário: ambos têm tudo a ver! Um hábito saudável recomendado aos barbudos é a prática de atividades físicas, uma vez que está ligada ao aumento e desenvolvimento da testosterona no organismo. Manter uma rotina ativa favorece o equilíbrio hormonal e, por consequência, traz resultados positivos para os pelos do rosto.

Em relação à alimentação, tudo o que comemos impacta de alguma forma a saúde, a aparência e o bem-estar da gente. Por exemplo, comidas gordurosas em excesso podem influenciar os níveis de oleosidade da pele. Além disso, há nutrientes e vitaminas que agem diretamente na saúde e no fortalecimento dos fios, das unhas e dos poros, por exemplo, como é o caso da vitamina A e as do complexo B.

7. Não há diferença entre fazer a barba em casa ou na barbearia

Barba sendo feita em barbearia

Preparar a barba em uma barbearia tem suas vantagens porque podemos contar com profissionais, produtos específicos, técnicas, equipamentos e experiências diferenciadas. Para você ter uma ideia, até saber configurar o comprimento exato dos barbeadores pode fazer a diferença na hora da raspagem.

Sendo assim, não custa nada fazer uma visita àquele estabelecimento de sua confiança para dar um trato na barba e pegar algumas dicas e técnicas dos profissionais que trabalham lá. Depois, com os produtos certos, vá aprimorando os conhecimentos em casa.

8. Tanto faz usar produto para barba ou para cabelo

Faça um teste rápido: passe um dedo no seu couro cabeludo, outro na bochecha e compare os níveis de oleosidade. Isso já basta para ver que são áreas e características bem distintas. É por esse motivo que não se deve tratar os cosméticos de cabelo e os de barba como se tivessem as mesmas funções.

Um shampoo de cabelo, por exemplo, contém ingredientes específicos justamente para controlar esse alto nível de oleosidade. Ao usá-lo no rosto, você corre muito mais o risco de ressecar a barba do que qualquer outra coisa. Fora outros fatores nítidos, como diferenças na textura dos fios e no bulbo capilar.

Enfim, esses são alguns dos principais mitos sobre barba que ainda confundem vários barbudos de plantão que buscam informações na internet. O mais seguro é ficar do lado de quem entende do assunto e defende que se cuidar é a chave para conquistar o visual legal que você deseja. De resto, sempre desconfie!

Por falar em cuidados, confira também nossas dicas sobre como montar um kit de produtos para ter uma BARBA BRAVA de verdade!

Produtos recomendados: