E aí, barbudo, tudo certo? Iniciar um empreendimento no ramo de barbearias é uma ótima ideia. Afinal, esse conceito mais antigo do negócio tem bombado. Os caras cada vez mais têm frequentado os estabelecimentos e entendido a proposta de trazer o espírito da barbearia de volta. Em meio a isso, uma dúvida paira sobre a cabeça dos empresários: como escolher o barbeiro mais competente?

Nessa hora, é fundamental considerar fatores além da competência técnica do profissional. Por ser um local diferenciado e que busca excelência com um serviço completo, a barbearia exige maior adequação aos barbeiros. Além disso, a concorrência nesse mercado é forte, e você precisa de profissionais que lhe ajudem a ter o devido destaque!

A escolha é difícil, então nós vamos ajudar você nessa! A seguir, veja quais características levar em consideração ao buscar um barbeiro para o seu estabelecimento.

Especialização

Antes de contratar um barbeiro, procure saber se ele tem qualificações para ocupar o cargo. Cursos, workshops e, principalmente, experiências profissionais são importantes. Veja bem: essa pessoa vai cuidar de todos os seus clientes.

Faz muita diferença ele ter sido preparado por pessoas que entendem do assunto, concorda? Só assim ele aprendeu o melhor para aplicar em uma barbearia renomada. Portanto, no período de seleção, informe-se sobre a instituição em que o profissional se formou e se realmente ele tem essa comprovação. Isso já dá uma grande tranquilidade para contratá-lo.

Você também pode dar uma oportunidade a alguém que tenha talento natural, mas que não é formado. Entretanto, lembre-se de que os cursos são voltados para o mercado, ou seja, o barbeiro chega pronto!

Habilidades técnicas

O profissional tem que mandar bem com a tesoura e a navalha, literalmente. As habilidades técnicas contam muito, e isso é algo muito particular. Nesse momento, por mais que o barbeiro saiba a teoria, o que vale mesmo é a prática. É com o trabalho executado que você consegue identificar se o corte e todo o trabalho do profissional é realmente bom. O portfólio dele é um material de grande importância.

Outra ótima forma de testá-lo é durante um serviço! Você pode propor essa prova para que ele mostre que é talentoso de verdade. Durante esse momento, uma observação mais detalhada é essencial. Sua tarefa é avaliar a técnica, os métodos, a agilidade e o desempenho do barbeiro no geral. Se ele for realmente fera, você vai ter a certeza disso e estará pronto para integrá-lo ao seu negócio.

Valores compatíveis com os da sua barbearia

Uma barbearia é, antes de um local de serviço, um ambiente social. A rapaziada vai lá não só querendo dar um tapa no cabelo ou uma ajeitada na barba. A proposta é relaxar, ter um momento de distração e, claro, trocar ideia. Como esse bate-papo é uma das chaves para a tradição do negócio, é necessário ter um funcionário que se adapte bem. Caso contrário, ele vai destoar do clima do local.

Obviamente, ninguém é obrigado a ser extrovertido e brincalhão. No entanto, já que estamos aqui para mostrar como escolher o barbeiro ideal, temos que destacar a importância de ter alguém alinhado aos valores da sua barbearia. O profissional é uma peça crucial nessa experiência tão bacana para o homem. Se ele caminha lado a lado com a proposta, está empenhado e se dá bem com todos, tudo flui melhor!

Criatividade

O barbeiro é um profissional de criação. O cliente fala o que quer, mostra em imagens e tem exatamente a sua ideia executada em um corte ou na barba. Para manter isso vivo, é importante que o barbeiro seja criativo, sempre pronto para receber novos desafios e se empenhar em cada um deles. Parceiro, sua barbearia pode ganhar muita moral se uma pessoa dessas estiver no seu time!

Com a devida liberdade, o barbeiro criativo estará no ponto para trazer vida ao que o cliente quer. Caras desse tipo são inquietos e também estão sempre em busca de evolução. Nesse contexto, eles mesmos e a própria barbearia saem ganhando! A longo prazo, trabalhos cada vez mais personalizados, criativos e diferenciados colocarão seu estabelecimento em destaque diante dos concorrentes.

Profissionalismo

Não tem como escolher o barbeiro sem pensar em profissionalismo, certo? É uma profissão como qualquer outra e, como seu funcionário, essa pessoa precisa entender as diretrizes da sua empresa e cumpri-las. Assim, a relação empregatícia se torna mais confiável, saudável e favorável para todos os lados. Exija um barbeiro que consiga se adequar e cumprir com suas funções com empenho!

O profissionalismo se estende também à forma como ele lida com as demandas do dia a dia. O sorriso no rosto, o bom humor e a disposição, mesmo naqueles dias cheios, são fundamentais. A barbearia precisa ser capaz de atender o cliente do jeito que ele merece. De nada vai adiantar ter técnica se não houver profissionalismo. Seja exigente com essa questão!

Simpatia e camaradagem

Já avaliou todos os requisitos anteriores e ainda não sabe como escolher o barbeiro? Simples, parceiro: coloque a simpatia, o bom humor, o bate-papo e a camaradagem como fator de desempate. Você tem em mãos um modelo de negócio em que essas características fazem toda a diferença.

A barbearia tem esse apelo por algo mais próximo, como era feito antigamente. Se o seu profissional tem esse perfil, com certeza ele conquistará cada vez mais clientes. E isso significa mais lucros, é claro! Sem contar que pessoas animadas e felizes com o que fazem ajudam a criar um clima muito legal no ambiente.

A principal proposta das barbearias atualmente é ter uma espécie de clube, algo quase familiar em que todos frequentem, se conheçam e interajam. Se o profissional tem essa abertura maior, gosta de puxar aquele papo e está sempre acessível, ele se adapta bem e ganha a simpatia de todo mundo.

Viu como escolher o barbeiro para o seu estabelecimento não é tão difícil assim? Considere essas qualidades, seja seletivo e tenha a certeza de que você terá uma equipe de ouro na sua barbearia!

Outras pessoas interessadas no ramo de barbearias podem gostar das nossas orientações. Compartilhe o post em suas redes sociais!