Na adolescência, a acne não só é comum, como também fonte de irritação para muitos rapazes, já que é algo que afeta a aparência e, consequentemente, a autoestima. Porém, nem sempre o problema fica apenas nessa fase, acompanhando também muitos homens na vida adulta, o que os leva a se questionar como evitar espinhas no rosto masculino.

Afinal, cravos e espinhas podem causar marcas na pele, gerar inflamações doloridas e desagradáveis, provocar falhas na barba e, para completar, passar uma imagem de desleixo com a própria imagem. Por essa razão, trouxemos um post para falar sobre o assunto, explicando a origem da acne, a causa dela e como lidar com esse incômodo. Confira!

O que são as espinhas?

A espinha nada mais é do que o entupimento dos poros da pele — por onde muitas vezes sai o pelo facial — devido ao excesso de sebo que é produzido e liberado nesse canal pelas glândulas sebáceas. Geralmente, esse processo causa uma pequena elevação da pele (com diâmetro de milímetros) que acumula esse sebo e também células mortas e impurezas, mas sem qualquer tipo de inflamação (os populares cravos).

A questão é que, com a ação de bactérias no local, o organismo reage, e surgem inflamações nesses poros, o que acarreta o aparecimento de pus, dor e hipersensibilidade na área. O recomendado é não espremê-las, nem cutucá-las constantemente, pois isso pode provocar infecções e ainda gerar cicatrizes.

Vale mencionar que, fora a espinha visível na pele, também há aquela que é interna, permanecendo sob a epiderme por entupir o poro e acabar gerando cistos que necessitam ser tratados com medicamento ou, em casos mais severos, com drenagem.

Quais são as causas desse problema?

acne masculina

A causa mais comum desse problema é a hiperatividade das glândulas sebáceas que ocorre em algumas pessoas, levando-as a terem a pele constantemente oleosa. No entanto, nos homens, isso é mais comum por conta da testosterona, um hormônio que tende a desequilibrar o funcionamento delas e deixá-las mais ativas do que nas mulheres.

Além disso, a falta de higiene pode agravar a situação, já que vão se acumular sobre a epiderme diversos germes, células mortas e impurezas com as quais você tem contato no dia a dia. Tudo isso contribui para bloquear os poros e causar o processo inflamatório das espinhas que, sem dúvidas, é a parte mais incômoda desse problema.

Como evitar espinhas no rosto masculino?

Agora que você já viu o que são as espinhas e quais os fatores as causam, vamos aproveitar este tópico para falar sobre como evitar espinhas no rosto masculino com medidas básicas que podem (e devem) ser adotadas no seu dia a dia. Fique atento a elas!

Reforce a higiene do rosto

Como já comentamos, a má higiene da face agrava o estado das espinhas. Por isso, mantenha uma rotina de limpeza com um sabonete recomendado para o rosto e o principal: apropriado para o seu tipo de pele. Isso porque é um mito achar que apenas quem tem epiderme oleosa sofre com acne.

Embora ela seja, sim, a mais afetada, os homens com peles mistas e secas também lidam com as espinhas, já que todos os seres humanos têm glândulas sebáceas em atividade. Não deixe também de usar um esfoliante semanalmente, pois ele contribui para a remoção das impurezas, do excesso de sebo e, em especial, das células mortas, renovando a pele.

Esfoliando a pele

Mude seus hábitos alimentares

Reveja os seus hábitos alimentares para identificar o que você come com frequência na sua rotina, embora não devesse, como fast-food, comida processada, fritura, doces em excesso, refrigerantes etc. Isso porque esses alimentos são capazes não só de causar aumento do colesterol e dos triglicerídios no sangue, elevação da pressão e produção exagerada de insulina pelo organismo, como também o descontrole das glândulas sebáceas.

Ou seja, elas liberam sebo em grande quantidade, deixando sua pele mais oleosa que o habitual e ocasionando o entupimento de uma maior quantidade de poros. Daí já viu: em pouco tempo, sua cara está repleta de cravos e espinhas. Portanto, procure ter uma alimentação mais equilibrada. Isso faz bem para a saúde, a disposição, a aparência e, de quebra, para o humor e o bem-estar.

Evite o estresse como parte do seu dia

Outra dica importante é evitar o estresse na sua rotina. Sim, pode parecer estranho ler isso, mas acredite: quando você passa frequentemente por situações estressantes, há um aumento na produção do cortisol, um hormônio que afeta (e muito) o seu organismo.

Para ter ideia, o excesso de estresse consegue provocar o funcionamento irregular das glândulas sebáceas. Isso sem falar, é claro, na baixa imunidade, no ganho de peso, na perda da massa muscular — mesmo que você vá à academia todos os dias —, na insônia etc. Portanto, tente levar uma vida mais tranquila a partir de hoje.

Consulte-se rotineiramente com um dermatologista

Por último, consulte-se regularmente com um dermatologista, pelo menos, uma vez por mês. Não se deixe levar por aquele mito de que médico só deve ser procurado quando se está doente. Ao contrário, é a prevenção que faz toda a diferença, seja qual for o problema.

No caso das espinhas, por exemplo, o profissional da saúde orientará você com precisão sobre os melhores hábitos de higiene para a face, recomendar tratamentos para conter a oleosidade excessiva da pele e indicar medicamentos para quem enfrenta casos graves de acne, especialmente as do tipo interna — o que requer intervenção medicamentosa.

Além disso, ele pode fazer uma avaliação da sua barba e do seu cabelo, garantindo que o crescimento dos fios esteja adequado e o auxiliando em caso de calvície.

Como você viu ao longo do post, não há problema que não tenha solução. O segredo sobre como evitar espinhas no rosto masculino envolve alimentação saudável, menos estresse, cuidados redobrados com a higiene do rosto e acompanhamento dermatológico. Dessa forma, dá para controlar ou até impedir o aparecimento da acne, o que, sem dúvidas, vai beneficiar sua autoestima e também sua autoconfiança em relação à própria aparência.

Aproveite e compre nossas pastas esfoliantes:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *