Se tem algo que tirar o sono de qualquer barbudo, sem dúvidas, é a irritação na barba, causada pela hipersensibilização da pele na região do rosto e/ou do pescoço. Afinal, além de ser incômodo por provocar coceira e descascamento, é algo que mexe bastante com a aparência do homem, uma vez que ela fica avermelhada e acaba chamando a atenção.

Pensando nisso, reunimos os principais motivos desse problema e, em especial, algumas dicas do que fazer para evitar que ele aconteça novamente e afete o seu bem-estar. Acompanhe e saiba mais a respeito do assunto!

Quais as causas da irritação na barba?

Neste primeiro tópico, você vai ficar por dentro de alguns dos fatores que mais causam irritação na barba e, inclusive, vão além, provocando até o aparecimento de bolhas, pequenos inchaços e feridas na pele. Confira quais são eles!

irritação na barba

Reação alérgica

O primeiro da lista é a reação alérgica que, ao contrário do que muita gente pensa, não é o problema em si, mas um sinal que o seu corpo manda para mostrar que algo está errado e requer atenção. Ela pode ser desencadeada por várias razões, sendo as mais comuns a sensibilidade da pele aos raios solares, o uso de medicamentos, as variações climáticas (em especial, o clima seco), a picada de insetos e a intoxicação alimentar.

Contudo, há outro motivo relevante: o contato com substâncias alergênicas para alguns indivíduos — que geram a irritação não só na área de contato com elas, mas também em outros locais do corpo. Entre eles, podemos citar o látex, o níquel, os materiais plásticos (polipropileno, polietileno, PVC etc.) e os tecidos de origem sintética (poliéster, nylon, poliamida etc.).

Ou seja, elementos que estão presentes em diversos produtos que você usa na sua rotina e muitas vezes nem se dá conta por não desconfiar deles, como as toalhas de rosto, os óculos de sol, os anéis, os preservativos, as escovas de dentes, as camisetas, os colares e por aí vai.

Foliculite

Uma segunda causa da irritação da barba é a foliculite, que acontece principalmente por conta de bactérias e fungos que podem estar presentes em várias regiões do corpo, inclusive nos pelos faciais. À medida que a infecção está ativa e não é devidamente tratada, os folículos pilosos inflamam e geram os famosos pelos encravados.

Excesso de sebo

Além do que foi citado, o excesso de sebo produzido pelas glândulas sebáceas é capaz de gerar irritação na face. Isso ocorre porque, ao ser expelido, ele percorre o mesmo ducto por onde saem os pelos faciais. Porém, em grandes quantidades, esse canal acaba entupido, levando-o a inflamar e, consequentemente, a desenvolver acne e pelo encravado.

Raspagem dos pelos

Sim, meu amigo, o ato de raspar a barba — algo comum no dia a dia de muitos homens — também provoca irritação. Isso acontece principalmente devido ao uso de lâminas de barbear de má qualidade ou incorretas para o seu tipo de pele e para o volume de pelos que você tem. Essa má escolha acaba por deixar as áreas do rosto e do pescoço hipersensíveis, inflamadas e, em alguns casos, até com pequenas lesões.

Sem falar que não levar em conta o sentido do crescimento dos pelos na hora da raspagem deles aumenta (e muito) o atrito com a pele, algo que, com o tempo, leva ao ressecamento da face, ao aparecimento de manchas e ao desenvolvimento de foliculite.

homem com coceira na barba

Como se livrar da irritação na barba?

Agora que já tratamos de algumas das causas mais comuns da irritação da barba, nada melhor do que falar sobre como se ver livre desse problema, não é mesmo? Por isso, fique atento às dicas que seguem!

Não descuide da higiene

Se a sua barba já dá sinais de irritação, não vacile e descuide da higiene! O ideal é ter uma rotina de limpeza adequada para evitar que o sebo e as impurezas se acumulem ao longo do dia e se tornem uma espécie de microbarreira. Ela impede as glândulas sebáceas de funcionarem corretamente e ainda dificulta a saída da haste do pelo do folículo piloso.

Isso só fará com que aumentem as chances de ocorrer foliculite e, de quebra, apareçam mais cravos e espinhas. Para completar, a sua barba pode ficar falhada em vários cantos.

Use produtos adequados

Uma segunda dica é usar os produtos adequados para higienizar a barba, fazer a esfoliação da pele do rosto e do pescoço, hidratar os fios e mantê-los devidamente disciplinados. Esses cuidados não só diminuem a irritação da barba, como são fundamentais para mantê-la bonita, bem tratada, forte, macia e o principal: saudável.

Por isso, uma boa dica é montar um kit de produtos (com shampoo, pasta esfoliante, óleo, balm e pente) para você usar no seu cotidiano e poder levar consigo sempre que passar o dia fora de casa para não descuidar da higiene.

Consulte um dermatologista

Por fim, consulte um dermatologista caso você perceba que a irritação na barba se tornou algo frequente e que não há nenhuma causa aparente (como oleosidade, foliculite ou raspagem incorreta dos pelos). Como mencionamos, isso pode se tratar de uma reação alérgica provocada por “N” fatores, e somente um profissional da área poderá examinar com precisão a região do rosto e do pescoço para identificar o motivo dela.

Inclusive, uma vez encontrada a causa da alergia, ele pode indicar desde o uso de medicamentos (como histamínicos, corticoides e anti-inflamatórios) até mudanças de hábitos que envolvem alimentação, exposição ao sol e higiene, por exemplo. Portanto, siga as recomendações ao pé da letra para dar adeus a esse problema para lá de chato.

Como você leu, a irritação na barba acontece por várias razões. Por isso, é importante conhecer o seu tipo pele, estar atento ao pós-barba e ter uma rotina de cuidados com o seu rosto para notar com antecedência qualquer alteração que possa surgir. Além disso, não deixe de colocar em prática as dicas apresentadas no texto para evitar esse incômodo e ter pelos saudáveis, fortes e com um visual caprichado!

Curtiu o post? Então olha os produtos que indicamos aqui no post:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *