O tempo dita a moda, e os barbudos sabem bem disso! Hoje, o estilo de barba por fazer é dos exemplos que mais confirmam essa máxima, cada vez mais é comum encontrar homens de todas as idades adotando esse tipo de corte. Teoricamente esse estilo de barba dá menos trabalho, mas também exige alguns cuidados.

Se você pensa que ter uma barba por fazer é apenas “largar de mão” e deixar os fios crescerem de qualquer forma, pode ter certeza de que essa está longe de ser a ideia principal do estilo. Neste post, você vai poder conferir, pelo menos, 4 dicas imprescindíveis para adotar o corte e, ao mesmo tempo, garantir a saúde e a beleza natural de sua barba.

Quer conferir? Então, continue a leitura até o final e não se esqueça de tomar nota dos conselhos para praticá-los depois. Vamos lá?

Na prática, como é a barba por fazer?

Mais do que um corte definido, a barba por fazer é um estilo amplo e sem um desenho padronizado. Esse corte consiste em cultivar os fios de uma forma mais “livre” e sem aquela necessidade de seguir linhas retas, volumes impecavelmente aparados e designs específicos.

Porém, o que você não deve confundir é o seguinte: a barba por fazer não é abrir mão dos cuidados. E não basta apenas deixá-la crescer ao natural – isso seria desleixo! Ao contrário disso, o estilo propõe um visual mais livre, sem impor regras, mas requer cuidados e boas práticas como qualquer outro corte.

Para exemplificar melhor isso, confira algumas características básicas de uma barba por fazer:

  • não é preciso seguir uma linha reta no rosto com o intuito de “desenhar” uma barba mais alinhada – o legal desse estilo é justamente a liberdade e não seguir esse tipo de regra, mas é sempre recomendável não deixar muito “largado” e parecer desleixado;
  • as pontas dos fios também são aparadas, porém com a diferença de não precisar, necessariamente, de um padrão exato de volume para toda a extensão da barba;
  • apesar do nome “barba por fazer”, o pescoço sempre merece uma atenção especial nesse estilo, já que é a área em que mais pode dar a impressão de desleixo, caso não seja aparada nunca;
  • a barba por fazer também não pretende, necessariamente, inibir falhas ou buracos – aliás, em muitos casos, essas características se encaixam perfeitamente ao propósito do estilo;
  • os cuidados essenciais de higienização, limpeza da pele, hidratação e estética da barba por fazer são os mesmos que para com qualquer outro estilo.

Como cultivar uma barba por fazer na prática?

Você pode optar por uma barba por fazer ao notar, por exemplo, que há algumas falhas e buracos nos pelos, e, por conta disso, não conseguir “fechar” o rosto por completo. Porém, nada impede também de um barbudo com um bom volume cultivar o mesmo estilo.

Tudo vai depender de você e de seus desejos e gostos. Com isso, vamos direto à prática!

1. Controle o tempo de crescimento da barba

Isso também é muito variável e conta com inúmeros fatores diferentes. A começar pelo próprio organismo da pessoa. De uma forma geral, vale ressaltar que o crescimento dos fios da barba está ligado diretamente a diversas questões, entre elas a hormonal, a de cuidados com a higiene e saúde em geral e, por fim, a uma disposição natural dos poros da pele.

Ou seja, a barba de um pode crescer muito mais rápida e cheia do que em comparação a de outro, entende? Sendo assim, é um pouco complicado estipular um prazo exato para a barba crescer e você poder cultivar qualquer tipo de corte. No entanto, em uma média geral, podemos apostar em umas duas semanas para começar o trabalho.

Caso você tenha a barba muito falhada e queira tentar preencher ao máximo o seu rosto, o mais indicado é deixar crescer naturalmente e caprichar nos cuidados especiais, principalmente nas áreas de menor volume. Enquanto isso, apare as pontas das regiões mais volumosas, a fim de buscar um equilíbrio geral.

barba por fazer

2. Faça a manutenção

Você já viu uma pequena dica de manutenção ao final do último tópico, justamente para permitir o crescimento mais equilibrado dos fios. Porém, depois disso, quando a barba por fazer ganhar um volume adequado ao estilo que você procura, é fundamental tentar manter uma frequência de cuidados especiais.

Uma vantagem desse tipo de corte é que você não vai precisar, necessariamente, criar uma rotina tão disciplinar como os outros estilos. Por exemplo, aparar as pontas e desenhar linhas são tarefas quase que diárias para a maior parte dos barbudos e que podem, tranquilamente, ser mais espaçadas com a barba por fazer.

Tudo vai depender de como você se sente com a aparência atual, mas é possível raspar ou aparar essas rebarbas uma vez por semana ou até com espaços maiores, se for o caso.

Porém, essa prática não inclui outros cuidados essenciais, como a higienização e a hidratação da pele. Essas precisam, indiscutivelmente, serem realizadas todos os dias da semana, sem falta.

3. Inspire-se para ter uma barba por fazer

Não há muitos segredos para cultivar uma barba por fazer, e, inclusive, você pode ter excelentes resultados em casa mesmo. Mas se, por acaso, tiver alguma dificuldade ou dúvida sobre como fazer o corte, você pode recorrer a uma ajuda profissional em alguma barbearia próxima.

Para facilitar a sua inspiração, destacamos alguns exemplos clássicos de famosos com barbas por fazer. Confira:

  • David Beckham;
  • Chris Evans;
  • Bradley Cooper;
  • Chris Pine.

famosos com barba por fazer

4. Saiba limpar a barba por fazer

Ser barbudo não tem nada a ver com o volume que ostenta. Você pode cultivar uma barba por fazer bem rente ao rosto e já está enquadrado nesse perfil. Sendo assim, precisa seguir uma série de cuidados diários, caso realmente queira manter uma aparência e um estilo legal.

Para que a barba por fazer não pareça algo desleixado, além da manutenção periódica com a tesoura e navalha, recomenda-se seguir os seguintes passos:

  • aplicar uma boa pasta esfoliante duas vezes por semana, para limpeza profunda da pele e desobstrução dos poros, massageando bem a região de forma leve e movimentos circulares;
  • lavar a barba com shampoo durante o banho diariamente;
  • após a retirada de toda a espuma, aplicar um condicionador específico também diariamente, deixando o produto agir por alguns minutos;
  • secar a barba com uma toalha limpa e reservada, exclusivamente para esse fim;
  • um balm pode reforçar essa hidratação e ajudar a modelar os fios;
  • caso a sua barba esteja quebradiça e ressecada, utilize também o óleo para barba;
  • e já que a sua barba está curta, use também uma escova para barba para deixar os fios alinhados.

Enfim, essas foram algumas dicas essenciais para quem curte e pretende deixar a barba por fazer, sem precisar abrir mão dos cuidados e das boas práticas. Vale destacar que, além de todos esses conselhos citados, é fundamental prezar por uma boa saúde geral, prática de atividades físicas, uma boa alimentação e, claro, optar sempre por cosméticos de qualidade garantida.

Os melhores produtos para cuidar da sua barba curta:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *