Pelo encravado na barba pode trazer incômodo e até interferir no visual e na aparência! Por isso mesmo, caso você costume encarar esse tipo de problema com frequência ou acabou de notar algo diferente do normal na sua barba, temos dicas importantes para compartilhar com você.

Afinal, antes mesmo de saber como lidar com um pelo encravado na barba, é fundamental entender os reais motivos disso e, principalmente, como evitar que ele apareça novamente daqui para frente. Sendo assim, comece a leitura e aproveite para anotar algumas dicas e informações que você não sabia sobre pelos encravados no rosto. Vamos lá!

Afinal, por que pelo encravado aparece na barba?

pelo encravado na barba

Como próprio nome já sugere, um “pelo encravado” é aquele fio que nasce, mas que, por algum motivo, não consegue desenvolver-se como os demais, geralmente sendo impedido de sair da camada superficial da pele. O resultado disso é aquilo que já conhecemos como o leve inchaço na região, vermelhidão e, até mesmo, incômodos e pequenos caroços duros dentro da pele.

Nesse caso, não há muito o que se fazer? Não é bem assim! Certamente, os pelos encravados na barba poderão aparecer naturalmente em seu rosto, porém muitos deles estão ligados diretamente aos cuidados e ao manuseio de seus fios no dia a dia, seja na hora de se barbear, seja com a higiene e hidratação inadequadas.

Para entender melhor, nós preparamos uma pequena lista de possíveis motivos para “encravar” um pelo na barba e, portanto, que devem ser evitados. Confira!

  • falta de higienização profunda;
  • oleosidade em excesso no rosto, o que acarreta o fechamento dos poros;
  • barbear sem cuidados e produtos específicos, o que contribui para o surgimento de acnes, irritações e escoriações;
  • coçar a barba demais;
  • suor excessivo;
  • alimentação inadequada, baseada em gorduras;
  • alterações hormonais.

Em geral, todos esses motivos têm jeitos e meios viáveis de serem controlados ou evitados. Isso prova que o pelo encravado na barba tem muito mais a ver em como você lida com ela e com a sua saúde em geral, do que com uma característica meramente natural e inevitável.

Como “resolver” um pelo encravado na barba?

Agora que você sabe quais são os principais motivos para um pelo encravado surgir no seu rosto, há algumas formas de resolver esse problema mais rápido e evitar que ele perdure por muito tempo com você. Para explicar melhor, separamos algumas dicas essenciais do que pode — ou não — ser feito nesses casos. Confira a seguir!

Não esprema

A primeira dica é não espremer a região, como se fosse um cravo ou uma espinha. Afinal, não há líquidos para sair ali, e fazer isso pode até piorar a situação e inflamar ainda mais a parte afetada. Caso você consiga visualizar um ponta ou um pedaço do fio mal desenvolvido, o que pode tentar é puxá-lo com uma pinça e imediatamente cuidar dessa região. Fora isso, o jeito é buscar outras alternativas que amenizem o inchaço e agilizem o processo do próprio organismo em retirar o pelo encravado dali.

Aplique compressas

Uma dica importante e bem funcional é aplicar compressas na região com um pano úmido e morno. Afinal, o vapor e o calor ajudam na abertura dos poros e podem acelerar esse processo de crescimento do fio encravado. Por outro lado, não abuse muito na temperatura e evite aplicar água quente diretamente sobre a barba, pois isso também pode contribuir para um ressecamento dos fios e da pele, o que não é indicado para ninguém.

Higienize bem a região

Ao perceber um pelo encravado na barba e, principalmente, se estiver incomodando muito, outra dica é buscar massagear a região afetada quando estiver no banho ou durante a higienização do rosto. Com um shampoo próprio para barba, utilize as pontas dos dedos e realize movimentos leves e circulares no local, como se fosse uma massagem mesmo.

Além de aliviar um pouco esse incômodo, o cosmético vai contribuir para a limpeza, ou seja, a retirada de impurezas inconvenientes presentes ali, e aumentar a hidratação da pele. Isso ajuda e também acelera o desenvolvimento daquele pelo no local e permite que ele rompa mais facilmente a camada da pele.

Como evitar novos pelos encravados na barba?

esfoliação

Por fim, a melhor maneira de encarar esse problema é não o tendo! Ou seja, é possível evitar que novos pelos encravados apareçam na barba e, assim, não se preocupar mais em como removê-los ou tratá-los. Para isso, indicamos alguns cuidados básicos e diários com o seu rosto, que são os seguintes:

  • capriche em uma limpeza profunda e diária, muito além do shampoo — conte também com uma pasta esfoliante para barba;
  • mantenha uma hidratação equilibrada, nem de menos e nem demais — com o uso de condicionador e óleo para barba para encontrar esse equilíbrio;
  • evite coçar a barba — se isso o incomoda, muito provavelmente falta hidratação correta;
  • tenha cuidado ao se barbear — use sempre lâminas novas e afiadas e não se esqueça de hidratar a pele, logo que finalizar o processo;
  • evite a formação de sebos — controle o suor do rosto, evite abafar muito a barba, seque-a bem após o banho e utilize toalhas limpas e secas;
  • não use qualquer produto estético na barba — especialmente aqueles carregados de químicas;
  • atente-se a uma alimentação equilibrada e sem excessos de gorduras;
  • pratique atividades físicas com frequência para melhorar o desempenho do organismo.

Em resumo, essas são algumas dicas essenciais para cuidar, ou melhor, evitar que um pelo encravado na barba atrapalhe o seu visual e o incomode sem necessidade. Vale ressaltar a ideia de que os cuidados essenciais do dia a dia são a principal “arma” contra esse problema. Portanto, investir em bons produtos e dedicar um tempo diário para isso sempre será uma boa ideia e um excelente investimento para o seu estilo.

Curtiu os conselhos de como solucionar pelos encravados na barba? Então, aproveite para ficar por dentro de muitas outras dicas e informações legais. Assine a nossa newsletter, que manteremos você sempre informado com as nossas próximas publicações!

Conheça os produtos BARBA BRAVA:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *